sábado, 18 de fevereiro de 2012

Versos Ínfimos

Versos Ínfimos

Corre o corpo nu em pelos
enquanto a mão avança
palmo à palmo
dedo á dedo
por entre cavidades
efêmeras como si
cegas sem dó
na sede de ceder
a libido em que se afoga

(Sergio-SalleS-oigerS)



14 comentários:

  1. kkkkkkkk......é freud...falta eh?


    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Dizem que eh bom cupim....assado...rs

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Profundo e táctil! Excelente 4ªF!Aparece!Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/
    http://www.dihitt.com.br/elaineaverbuch
    http://twitter.com/@elaineaverbuch

    ResponderExcluir
  4. Seguindo-te agora estou.
    Aqui há encanto e
    enredo de palavras.


    Um abraço,
    meu caro!

    ResponderExcluir
  5. OLÁ QUERIDO VENHO AQUI LHE FAZER UMA BREVE VISITA, POIS AS TUAS PALAVRAS EM MEU BLOG FORAM MUITO BEM RECEBIDAS, VC É DE UMA SENSIBILIDADE INCRÍVEL, POR ISSO VIREI AQUI OUTRAS VEZES LHE PRESTIGIAR...
    GRANDE ABRAÇO..

    BLOG SOCIALE

    ResponderExcluir
  6. Ótimo sábado! Tem post novo! Vem! Espero você! Grande bjo!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/
    http://www.dihitt.com.br/elaineaverbuch
    http://twitter.com/@elaineaverbuch

    ResponderExcluir
  7. Olá Arnoldo.
    Um desbravador de grutas vai sedento a sua descoberta.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Olá Arnoldo...Venho pra te visitar e pra te entender..rsss..É sério! Quando tudo me parece uma grande brincadeira, um humor pra lá de bom de tão bom, leio uma poesia linda, que nada tem de brincadeira, pelo contrário, é maravilhosa!

    Boa semana pra vc, e pra mim!

    Bjossss

    ResponderExcluir
  9. Melhor entregar-se e deixar o corpo a navegar, solto em libido e desejo. Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  10. Perante cavidades
    Cegas sem dó
    Em altas velocidades
    No vento voando o pó!

    Na sede do ceder,
    Na sede de um corpo
    Do amor o prazer
    Beijo nos lábios com gosto.

    Desejo uma uma tarde para você.
    Um abraço.
    Eduardo.

    ResponderExcluir