domingo, 8 de julho de 2012

VÁCUO DENTRO DO CÓRREGO


Olhando de longe parece
Não existir fronteiras
Toda a paisagem é maquiada com flores
É de perto que se vê
O vácuo dentro do córrego
Os versículos do mesmo capítulo
Que não se juntam
O amargo dos sorrisos
As rugas que se multiplicam
Os fuzis que atiram em silêncio
Os muros que se levantam
Os vivos que se tornam mortos

Este poema é parte integrante do conto de minha autoria “Se as Folhas Ainda Fossem Verdes...”, para ler o conto basta acessar o link abaixo, desde já agradeço, muito obrigado pela visita e pela amizade.



13 comentários:

  1. Ola meu amigo Poeta!!!

    Mais um lindo poema...que por traz dos versos
    uma linda mensagem....
    Sua poesia me faz viajar...

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Arnoldo por mais esta bela contribuição ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  3. É um poema por demais encantador e pleno de verdades.
    Um abraço amigo.

    ResponderExcluir
  4. Só posso dizer obrigado, por este belíssimo poema!
    Abraço amigo

    ResponderExcluir
  5. A fronteira desvendada pelo olhar e sensibilidade do poeta.
    Que beleza!
    Gde abraço, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  6. Bom tarde de sábado!!!
    Passando para deixar um carinho
    pela presença sempre constante no
    meu cantinho, elogiar o que vc tem
    de bom,pq vc é uma pessoa querida,eu
    agradeço pela belas postagens
    Abraços
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  7. Amigo (a) leitor(a) se puder visite o link abaixo e leia a segunda parte da entrevista de Arnoldo Pimentel ao Poetas de Marte.

    http://poetasdemarte.blogspot.com.br/2012/07/haicais-trazem-bons-ventos.html

    ResponderExcluir
  8. Falar do talento de Arnoldo Pimentel é chover no molhado, pois este cara além de excelente poeta é um grande contista e, agora inventou moda e faz conto com poesia.Você é o cara!!! E eu sou tua fã incondicional!!!
    TE AMODORO!!!
    Um xero enormeeee!!!

    ResponderExcluir
  9. OLÁ PIMENTEL!!!
    JÁ TINHA LIDO ESTE CONTO ALGURES POR.... TAL COMO POEMAS INSERIDOS!!!

    UM BONITO TRABALHO CONJUNTO, TAL COMO EU TENHO ALGUNS!!!

    1 BEIJINHO LÍDIA

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. OI ARNOLDO!
    ACEITANDO TEU CONVITE, ESTOU AQUI A ME ENCANTAR.
    TEU TEXTO NOS DÁ CONTA DE UMA REALIDADE MAQUIADA, JUSTAMENTE PARA PASSAR DESAPERCEBIDA POR OLHOS DESAVISADOS, MAS, ESTÁ ALLI, BASTA FIXAR A VISTA.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  12. Toda a paisagem é maquiada com flores.

    ResponderExcluir